Share
domik

O que era lixo, está virando ouro!

Os processos industriais basicamente transformam matéria-prima e insumos em produtos, mas invariavelmente geram resíduos. No caso da indústria madeireira, os resíduos, na forma de casca, costaneiras, serragem, maravalha e cavacos, entre outras, antigamente eram gerados em grandes quantidades e causavam enormes transtornos, pois não havia utilização para este material e seu descarte era muitas vezes inadequado, transformando-se em passivos ambientais.

Atualmente, a modernização da indústria permite produzir de forma mais eficiente, com menor geração de resíduos. Ao mesmo tempo, os resíduos de madeira passaram a ser utilizados como fonte de energia, sendo chamados de biomassa. E mais recentemente, passou-se a processar essa biomassa, reduzindo seu teor de umidade, aumentando sua densidade e padronizando suas características, o que agregou valor a este novo produto de base florestal. Um exemplo de sucesso é o pellet de madeira, cujo mercado consumidor cresce tanto internamente quanto no exterior, tanto para uso industrial (substituindo outros combustíveis), como doméstico (aquecimento).

O investimento em equipamentos de peletização é acessível a empresas de pequeno e médio portes e o retorno financeiro tem motivado novas empresas a apostarem neste segmento. Com isto, o problema de destinação dos resíduos madeireiros se transformou em importante fonte de receita para as indústrias, podendo eventualmente ser até mais rentável do que o seu produto principal.

Para saber mais como podemos lhe ajudar contate-nos através do contato@goldenforest.com.br ou WhatsApp (41) 99667-9625

  • /

Leave A Comment

Your email address will not be published.